quarta-feira, 2 de julho de 2008

A beleza perdida do outono




Até as folhas cansam
e tornam-se marrons e secas.
E sem beleza estampam
um outono de tristezas.

A perda dos tons verdes
e os sorvetes aposentados
são alguns exemplos de um alegre verão
que o tempo fez de passado.

Talvez olhos habituados
tornem-se cegos
e não enxerguem o belo
em ventos empoeirados.


Foto: Sérgio Fernandes.

2 comentários:

Carol disse...

Mizoca!!!!
Parabéns pelo novo blog!! Já adicionei aqui aos favoritos!!

Amei a mistura das imagens com as palavras!

Vamos fazer um template?!?! =P

Beijokas e saudades infinitas!!!

Flor Baez disse...

Miiii
você é poetisa!
Escreve tão simples, tão belo!