terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Sem as fantasias habituais




O prazer da fantasia
que não veste a verdade
dos dias normais .
Ser o que não é. Ou ser o que é.
Mas não cabe mais.
É o que a (matur)idade faz.
Não há truque no batuque.
É a cerveja que ilude
e faz com o povo
o que quiser.
Confetes e serpentinas
divertem o bloco todo!
Adultos ou crianças
com ou sem samba no pé!


Foto: Cachorro cansado - 03-01-2008

Um comentário:

Raphael disse...

:D
\o/
:D
\o/

Até chegarmos na quarta de cinzas...

=(

Beijo!