quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Uma ausência = uma ausente


A ausência faz uma ausente.
A pele tornou-se transparente
enquanto segue as setas
que apontam para si própria.
Caminha em linha reta
e consegue sair de órbita.
Gosta e espera mais voltas.

Foto: WEB

Um comentário:

Ellemos disse...

Oi, Mi! Obrigada pela visita!

Gostei de aqui. Volto mais.

Bj