sábado, 5 de janeiro de 2008

Um círculo




Ando no centro do círculo
enquanto ele no contínuo
traço da borda.

Consigo estar no meio
sem receios enquanto
o líquido transborda.

Me pergunto se no fundo
algum pingo de propósito
entorna.

Enquanto ele faz do mundo um copo
de água fria que nunca pergunta sobre
a água morna.


Foto: Um círculo com algum líquido (ou um mate com a can)

Um comentário:

João C. A. disse...

...e quem seria ele?